A importância da cor nos filmes de Stanley Kubrick

É no detalhe que está o génio e no cinema isso não é excepção. Tudo é levado ao pormenor. Cada detalhe transmite um determinado estado de espírito ou emoção ao espectador e as cores influenciam a nossa percepção da narrativa. Muito haveria para se falar deste tema, os próprios tons das cores e a densidade da luz, influenciam toda a nossa absorção da história e da própria carga dramática da acção.

Há vários realizadores que dominam a cor, entre eles Jean-Luc Godard, Wes Anderson, Pedro Almodóvar ou Stanley Kubrick. E foi neste último que Marc Anthony Figueras se baseou para fazer um ensaio sobre a lógica da cor. E, para isso, foram usados vários excertos de vários filmes, tais como: “2001: A Space Odyssey”, “A Clockwork Orange”, “Barry Lyndon”, “The Shining”, “Full Metal Jacket” e “Eyes Wide Shut”.

Add Comment